Áudios

A meu pai
Data: 07/06/2017
Créditos:
Texto: A meu pai
Autoria: Antonio Lycério Pompeo de Barros
Voz e edição: Ariadne Cavalvante
Música : Richard Clayderman - Ivanouchki
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


A meu pai

Sabia que eras muito em minha vida:
O pai dileto, o amigo, o companheiro...
No mar encapelado a nau partida
Teria eu, não fosses timoneiro...

Criança eu era e não me aquilatava
Do teu valor bem alto e muito nobre...
Ah! pai, como eu sofria! Como eu lutava,
Então, na orfandade e ainda pobre...

Seguindo, à risca, teus sábios conselhos,
Cabeça erguida e sem dobrar joelhos,
Altivo, fui lutando e fui vencendo...

Por isso te asseguro, pai querido,
Exemplo aos netos teus tenho nutrido,
O nome teu, jamais, desmerecendo...


Escrito em Agosto de 1962.
Enviado por Antonio Lycério Pompeo de Barros em 20/11/2008

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários