Textos


Dilema
Antonio Lycério Pompeo de Barros (nascido em 22 de julho de 1922)
 
Meu pai me disse, ao pressentir a morte:
- “A vida vai ficar difícil... dura...
preocupação profunda me tortura
ao te pensar sem rumo certo ou norte”.
 
Cresci! E tudo em mim cresceu demais!...
E vi no céu primeiros aeroplanos!...
Primeiros automóveis sobre os planos!...
Televisor!... Computador!... E mais...
 
Em contraposição  velei meus rios!...
Tristonho vi meus campos tão vazios!...
Perdido o meu olhar na vastidão!...
 
Se pessimista estou perante os netos,
calar prefiro ao me manter discreto...
Que fale o tempo ao seu coração.

Brasília, 26 de fevereiro de 2013.


Antonio Lycério Pompeo de Barros
Enviado por Antonio Lycério Pompeo de Barros em 25/02/2013
Alterado em 25/02/2013

Música: Chão de estrelas - Baden Powell

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários